RELEMBRAR A EDIÇÃO DE 2019: COOPERAÇÃO & INTERNACIONALIZAÇÃO

A última sessão do Congresso, subordinado aos temas da 'Cooperação e Internacionalização', evidenciou o muito que a indústria de moldes portuguesa conquistou na última década - ascendendo a oitavo maior produtor mundial e terceiro a nível europeu - mas também advertiu para as alterações dos mercados, exortando as empresas a que se mantenham focadas em estratégias que assegurem o seu futuro com sucesso.
Nas várias intervenções em palco sobressaíram questões como a instabilidade dos mercados, as políticas comerciais de diferentes lobbies económicos, a imagem do plástico e as restrições à sua utilização, mas também a indefinição dos novos conceitos da mobilidade ou a importância de preservação do ambiente. E se ficou patente que o sector já ultrapassou, ao longo da sua história, diversos períodos de ciclo mais baixo, também foi ponto assente de que este arrefecimento tem características especiais, de mudança de paradigma. Apesar disso, a indústria mantém o otimismo e a vontade de superar mais esta adversidade.

Intervenções: Joaquim Menezes (Iberomoldes), Nuno Oliveira (Engtool), José Carlos Gomes (GLN), Pedro Colaço (KLC), Jorge Oliveira (Moliporex), Carlos Seabra (Simoldes), Luís Febra (Socem), Marco Laranjeira (Prifer), José Ferro Camacho (IADE - Universidade Europeia)

Centro Empresarial da Marinha Grande

Rua de Portugal, Lote 18, Fração A

2430-028 Marinha Grande

tel.: +351 244 575 150
Copyright © XI Congresso da Indúsria de Moldes 2022
|

Desenvolvimento e Design:
PARCEIROS GOLD
PARCEIROS SILVER
CONFIGURAÇÃO DE COOKIES
NECESSÁRIO
Os cookies necessários ajudam a tornar um site utilizável, permitindo funções básicas como navegação na página e acesso a áreas seguras do site. O site não pode funcionar corretamente sem esses cookies.
ESTATÍSTICAS
Os cookies estatísticos ajudam os proprietários de sites a entender como os visitantes interagem com os sites recolhendo e relatando informações anonimamente.
GUARDAR